Pet: Nick

“NICK Manhã cinzenta e chuvosa, os pássaros não cantaram…Sábado 13 de abril, que dia triste, o dia em que você partiu…As lágrimas rolaram em meu rosto, meu coração sofre em silêncio. Hoje eu queria que essa verdade, fosse mentira. Que diferença daquele 27 de dezembro de 2009, domingo ensolarado, dia em que te vi pela primeira vez e me apaixonei a primeira vista. Confesso que eu não imaginava a transformação que você faria em minha vida. Como um ser tão pequeno poderia ocupar um espaço tão grande…. Um amigo de todas as horas, companheiro, ouvinte, fiel, protetor… Agora resta essa dor forte no peito, a dor de não ter você ao meu lado. A partir de agora apenas as doces lembranças tão difíceis de serem relembradas. Lembranças dos nossos passeios, do quanto você adorava encontrar os seus amigos e andar pela graminha do bairro, chegar em casa limpar as patinhas e pedir um pouquinho de água corrente… Lembranças dos nossos passeios de carro, você no meu colinho tomando um ventinho… Lembranças daquelas palavras que só você entendia, as quais hoje ainda não consigo mais pronunciar *Me dá aqui pra mim isso, *O Nick Vai , * O Nick vai no passeio… Lembranças da sua festa todas as vezes em que alguém chegava em casa, da sua felicidade em mostrar seus brinquedos, seus ossinhos… Lembranças de você pedindo colinho nos dias chuvosos…do seu medo quando ouvia um trovão e da sua calma quando eu dizia que era o papai do céu… Lembranças das nossas noites e a certeza de que eu seria acordada por você… Lembranças de você subindo no peito do papai pedindo um carinho… Lembranças de você comendo chocolate que a vovó dava escondido da mamãe. Lembranças de você nos almoços de domingo…das suas brincadeiras com a Nina, do seu ciúmes do maninho… enfim…lembranças de um tempo bom que não volta mais. Filho… Como dói essa saudade que só aumenta a cada dia, daria tudo para estar contigo novamente…jamais esquecerei cada momento que vivemos juntos… Quero que você fique bem ao lado do papai do céu… ele sabe que você foi um bom menino. E assim como o sol um dia volta a brilhar… tenho a certeza de que um dia vamos nos encontrar e que talvez essa seja a explicação por você ter partido tão cedo… para nos esperar e fazer aquela grande festa de sempre… Descanse em Paz Filhote.”

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Leia outros depoimentos e postagens:

Aviso importante

O Cemitério Paraíso dos Bichos preza pela transparência e respeito à você e ao seu Pet. Aqui você acompanha todos as etapas da cremação e tem a certeza de que seu Pet foi de fato cremado, de acordo com as legislações vigentes, e ainda pode guardar as cinzas como lembrança.